3 de dez de 2011

Cresce o número de adolescentes que vivem em extrema pobreza, aponta Unicef

O percentual de adolescentes brasileiros de 12 a 17 anos que vivem em famílias de extrema pobreza (até um quarto de salário mínimo per capita) cresceu entre 2004 e 2009. Segundo relatório Situação da Adolescência Brasileira 2011, do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef), o percentual passou de 16,3% para 17,6%, que representa 3,7 milhões de garotas e garotos.
CONTINUE LENDO AQUI... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário