10 de mar de 2012

Justiça afasta conselheiro tutelar que acessava sites pornográficos

Ele estaria acessando e interagindo com sites de conteúdos pornográficos. O afastamento foi determinado pelo juiz  Anderson Candiotto, em atendimento a solicição do Ministério Público Estadual, em ação por improbidade administrativa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário