9 de dez de 2009

Crianças “brincam” de fazer lei na 8ª Conferência da Criança

 Publicado 08 dez 09 , blog do Inesc
Diversão e informação. Na estratégia da Cidade dos Direitos, uma coisa puxa a outra. Por esse motivo, crianças de várias escolas do Distrito Federal já passaram hoje (08/12) pelo local. A expectativa é de que a Cidade receba ainda muitos estudantes durante esses dias de Conferência.
Aline Nascimento e Matheus Maia, integrantes do projeto ONDA – Adolescentes em Movimento pelos Direitos, desenvolvido pelo INESC (Instituto de Estudos Socioeconômicos) em parceria com a KNH (Kindernothilfe), ministraram uma oficina para alunos do ensino fundamental para discutir sobre política, traduzindo de maneira simples o trabalho dos parlamentares. O objetivo era fazer com que as crianças entendessem o papel de deputados e senadores e, consequentemente, a interferência da política em suas vidas.
Uma atividade elaborada em conjunto com a equipe do Plenarinho e do projeto ONDA permitiu que os estudantes debatessem sobre a Educação, não apenas com relação ao acesso à escola, mas também sobre a qualidade do ensino. Tomando a cartolina como ofício e a caneta como autoridade, após uma reflexão sobre o tema, o grupo de crianças elaborou um projeto de lei exigindo o aumento de vagas nas escolas, bem como o combate ao tráfico de drogas, que acomete a população adolescente de nosso país.
Dessa maneira, as crianças puderam compreender que política pública não é apenas “assunto de adulto” se, de alguma maneira, as decisões interferem em diferentes públicos.
Entre as atividades que ocorrerão na Cidade dos Direitos, estão previstas mais oficinas ministradas por jovens do projeto ONDA. A organização do evento aguarda, ainda, a confirmação de presença do deputado Paulo Henrique Lustosa (coordenador da Frente Parlamentar pelos Direitos da Criança e do Adolescente), da deputada Maria do Rosário e da senadora Patrícia Saboya para debater com crianças e adolescentes sobre seus direitos.
Sistema de Garantia de Direitos
A Cidade dos Direitos permite ao visitante um passeio pelas instâncias que deliberam as políticas que asseguram direitos a meninos e meninas, como acesso à educação de qualidade, ao lazer, à cultura, ao protagonismo e à proteção, entre outros.
Para que as crianças e os adolescentes entendam essa dimensão dos direitos, a Cidade oferece um ambiente harmonioso, com jogos, brincadeiras, teatro de bonecos, músicas e grafite. Dessa maneira, é possível que as crianças e os jovens consigam perceber a diferença entre o que é ideal e o quanto é necessário para se atingir esse patamar.
Saiba o que está acontecendo na 8ª Conferência no Blog do Criança no Parlamento.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário